0
Antonio Carlos Costa
Teologia

O QUE A LITERATURA DE AUTO-AJUDA NÃO FALA

By 11 de novembro de 2008 No Comments

409899298_a4d5d935b5_m Ana ficou face a face com o atributo da soberania. Pôde vivenciar toda a luta, frustração e vergonha da esterilidade. Viu-se perante uma barreira intransponível – o ser humano perante uma vontade inflexível. O cosmos contra uma mulher. Aí se percebe que o poder da vida e da morte está nas mãos do Criador. A humanidade inteira, grandes e pequenos, homens e mulheres, ricos e pobres, todos devem sua origem e tempo de existência ao poder e determinação de um outro. Como disse o rei Davi: “Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda”. Ana experimentou aquilo que poderíamos chamar de senso de criaturidade e dependência absoluta. Em seguida, percebeu como verdade não apenas abstrata, mas manifestada de modo concreto na vida, o fato de que riqueza e pobreza, honra e humilhação, são decretados por Deus.
Nem sempre o que trabalha prospera e o que age com retidão é honrado. É fato que quando Deus decreta riqueza, costuma decretar trabalho, e quando decreta integridade, costuma decretar honra. Contudo, nem sempre as coisas funcionam assim. Análises podem ser feitas sobre o curso da vida do que prosperou e foi honrado. Causas da riqueza e da honra serão descobertas e virtudes serão encontradas. Porém, quem, a despeito de toda virtude e forma prudente e sábia de administrar a vida, pode ficar livre dos infortúnios que escapam ao controle humano? Lá estava o que trabalhou duro e prosperou alcançando de modo resoluto suas metas. Mas por que antes de prosperar não fez um acidente vascular cerebral ou o avião em que viajava não caiu? O que ele pode fazer pelas artérias do seu cérebro, ou o vôo de um MD 11 cruzando o Atlântico? Que biografia sobre a vida de homem de sucesso atribui a uma providência cheia de graça o fato de essas tragédias não terem interrompido a tal trajetória vitoriosa de vida? Ana foi curada de deixar cair no esquecimento o fato de que nossas vidas estão penduradas por um fio que se encontra na mão de um ser soberano.

Extraído do Livro: Enquanto o Sonho não Nasce: Por que Deus adia a Realização dos nossos Sonhos?

Antonio Carlos Costa

Antonio Carlos Costa

Teólogo, jornalista e ativista social. Plantador da Igreja Presbiteriana da Barra (Rio de Janeiro) e fundador da ONG Rio de Paz. Nascido no Rio de Janeiro em 1962. Casado com Adriany. Pai de três filhos: Pedro, Matheus e Alyssa.

Leave a Reply